PT; Uma história de Greves na oposição e no governo.

PT; Uma história de Greves na oposição e no governo.Tanto o governo Lula, quanto o Dilma conseguiu algo inédito no Brasil, trazer o espirito das
históricas greves do ABC para dentro do governo.

O descontentamento de setores chaves do governo que cruzam os braços por seus vários
motivos e em especial por terem seus planos de carreira defasados e baixos salários. Causam
o desequilíbrio de conceder a seus parlamentares uma ampliação dos cargos comissionados
a deputados que trabalham 3 dias na semana que por si só é ridículo, e permite acontecer o
que aconteceu em 2011, onde os parlamentares tiveram 62% de aumento de seus salários
enquanto o mínimo subiu 9% e o mais impressionante é não ter protestos.

No ano de 2012 o ministério do trabalho se manteve calado durante as negociações do
mínimo, sendo tratado pelo ministério da fazenda. Se a iniciativa privada se cala com os
conchavos do ministério do trabalho pelos seus reajustes não serem definidos pelo mínimo e
sim pelos acordos coletivos, faz do ministério do trabalho simples emissor de dados.

Isso reflete em indignações que no acumular requer uma nova ordenação de cargos e
sufocando o governo comprometido com comissionamentos e aumentos de salários de
parlamentares.

É preciso se pensar uma forma urgente de reorganizar as contas da união, se necessário cortar
o 14º salario, uma despesa desnecessária que onera o erário publico, por atuar em favor
de “fanfarrões” que uma vez empossados dão as costas ao eleitorado e agem como uma
classes autônoma e corporativa sem prestar contas a sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *