Por que a política enfrenta tanta corrupção? Part II

É lamentável a situação da politica brasileira, não apenas a atual gestão como todos que já passaram pelo poder. A corrupção parece estar completamente emaranhada a este meio se misturando de forma a não ser possível compreender a real importância da politica.

A política que na teoria deveria representar as vontades e necessidade dos povos nunca teve efeito prático em país nenhum. Sua função real parece ser a de apenas criar benefícios pessoais para os líderes políticos e governantes de um país. O povo está sempre em último lugar é só é lembrado para trabalhar e gerar recursos para os cobres públicos.

corrupção no Brasil 1

A corrupção no Brasil tomou um forma deslavada aonde os próprios políticos nem se importam mais em esconder os fatos podres da corrupção. É tão natural a impunidade para este tipo de crime que ele é conhecido como “crime do colarinho branco”. Seus infratores o comentem com tranquilidade e sem exitarem. Pois têm a certeza de no final das contas tudo acabar em “pizza”, como é chamado popularmente a impunidade destes criminosos. Como um país pode permitir isto se possui Órgãos responsáveis pela fiscalização e atuação deste crimes e tem ainda as disponibilidades da lei e verbas para investigarem e de fato condenarem estes bandidos.

corrupção no Brasil 2

Ao que tudo indica, parece não haver é interesse. O problema mesmo é o descaso com  população ou até mesmo a corrupção já se espalhou a todos os setores e não está mais relacionada apenas com os políticos. No fim de tudo a resposta ao público são sempre as mesmas quando se trata de um outro investigado de corrupção. “Não foram encontradas provas suficientes que liguem tal ou tal político as denuncias de irregularidade”. Se existem as irregularidades que foi que as fez? Nunca se encontram as provas este é o problema no Brasil.

corrupção no Brasil 3

Com os avanços tecnológicos, instigadores forenses vivem afirmando que não existe crime perfeito que não deixa sequer uma evidencia. Ou estes investigadores forenses falam coisas que não sabem ou as investigações dos Órgãos de combate a corrupção não são realizadas com total idoneidade. É óbvio que há um conflito aqui, mas quem está errado? Esse é uma pergunta que toda a população do país quer uma resposta e nunca a encontra. No meio de tantas perguntas sem respostam a única certeza que existe neste caminho é de que a corrupção continua forte como nunca e a impunidade junto com ela.

A corrupção é um atentado terrorista

A corrupção é um atentado terrorista

O que fazer em um caso tão problemático como estes? As opções na teoria são muitas, no entanto na prática não são aplicáveis de maneira nenhuma.Manifestações populares é uma destas opções entretanto a população nunca se torna una para reivindicar seus direitos. A divisão gere fraqueza nas manifestações e é nessa hora que a polícia entra em cena e deixa todo mundo com medo e isto impacta diretamente no número de manifestantes que vão sempre caindo e deixando o movimento mais fraco até ser contido. A falta de união popular é o principal problema de a corrupção política estar tão forte como nos dias atuais. A população consente e o resultado é muito óbvio.

2 comments for “Por que a política enfrenta tanta corrupção? Part II

  1. 21/05/2016 at 11:10 am

    Reforma politica URGENTE.

  2. 21/05/2016 at 11:10 am

    Tudo ladrão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *