Como seria: Um Brasil sem prefeituras

Nós aqui no Brasil temos uma estrutura político-administrativa complexa, pois além da pessoa do chefe do executivo que é o prefeito, ainda há uma infinidade de secretárias, vereadores e seus assessores e mais todo quadro administrativos de funcionários da própria prefeitura.cartilhacorrupc3a7c3a3oUma estrutura grande, complexa no desempenho das suas tarefas e que basicamente arrecada impostos para se manter de pé, uma vez que muitas não passam de elefantes brancos que só funcionam como cabide de empregos e para atender aos interesses político-partidários e financeiros de quem está no poder.

É sabido por qualquer brasileiro minimamente bem informado que a maioria das nossas prefeituras não servem para nada que não seja abrigar verdadeiras quadrilhas de mercenários que só estão lá para empanturrar suas contas bancárias de dinheiro, enquanto que a população fica com a precariedade dos serviços públicos mais essenciais, como saúde, educação, segurança, saneamento básico e habitação, pois esses recursos basicamente existem para alimentar a corrupção.

prefeitura cachoeiraPosto isso, como seria se de repente o Brasil não tivesse mais prefeituras? O quanto de recursos que descem pelo ralo da corrupção seriam protegidos com tal mudança? Certamente muitos bilhões de reais.

Provavelmente se tivéssemos um país sem Prefeituras e com as questões de interesse publico centralizadas no Governo Federal e em pequenos grupos administrativos criados pelo mesmo, que contratariam sem licitações os serviços necessários e fiscalizariam o seu cumprimento, seria bem melhor.

12038161_542617339231955_6110665436667015349_nCom isso, se diminuiria a morosidade, a burocracia e os milhares de cargos nomeados que só servem para corroer o dinheiro público, sendo todos os funcionários contratados em regime CLT, com bons salários e benefícios para que fizessem seus respectivos serviços bem feitos, deixando de lado o comodismo trazido pela estabilidade do emprego no setor público.

A estrutura das prefeituras do Brasil estão sucateadas, pois estão muito longe de funcionarem de forma eficaz, servindo apenas para dar a população a falsa impressão de que existe ali um serviço público que realmente administra a cidade e está preocupada com o bem estar da sua população.

As prefeituras do Brasil hoje em dia, só servem de cabide de emprego para famílias inteiras que estão metidas com políticas, cabos eleitorais e encher o bolso de prefeitos, vereadores e fornecedores que tem como donos ocultos esses indivíduos que foram eleitos pelo povo ou sua esposa, filho ou filha, ou seja, é a farra do boi com o dinheiro público feita pela panelinha local que  domina a cidade.

imagesO resultado disso,  são escolas caindo aos pedaços, sem merenda para as criança que ficam desnutridas e sem condições de estudar e se desenvolver, falta de medicação nos postos e hospitais, esgoto correndo a céu aberto provocando surtos de doenças infecciosas como Dengue, Verminose entre outras e situação habitacional muitas vezes desumanas.

Talvez um país sem prefeituras, funcionasse muito melhor e certamente teríamos bem menos casos de corrupção do que temos tido. Claro que isso deveria ser feito com todo respeito a quem é concursado e está empossado em seu cargo. Mas uma coisa é certa, acabando ou não as prefeituras no Brasil, elas precisam urgentemente passar por reformas no seu modelo de gestão, haja vista que se continuar do jeito que está, a tendência é que essas prefeituras fiquem cada vez piores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *