Como fica o Brasil após saída de Dilma Roussef?

 

Como fica o Brasil após saída de Dilma Roussef?

Desde que a possibilidade de Dilma Roussef sofrer impeachment se tornou um fato, muito se questiona quem vai ficar no lugar dela caso isso aconteça, ou seja, Michel Temer. A maioria diz que nada vai mudar, que se trata de trocar seis por meia dúzia.Todo mundo sabe que o PMDB dança conforme a música, é advogado do diabo, pois joga dos dois lados, deixando para assumir uma posição só quando tem a garantia de quem será vitorioso na arte de fazer jogo político.

20151026101714

De fato Michel Temer não é a melhor solução, aliás, até era preferível que tivessemos novas eleições a ter que aceitá-lo como Presidente da Republica. Entretanto, por mais absurdo que possa parecer ter Michel Temer nesse momento no lugar de Dilma Roussef  é muito melhor do que a permanência dela na Presidência da Republica. Dilma Roussef está com o seu governo arruinado, visto que ela perdeu completamente a governabilidade. Caso ela permaneça na Presidência da Republica até 2018 (Que Deus nos livre dessa maldição), testemunharemos um verdadeiro mar de miséria econômica no Brasil. Muito mais empregos serão extintos, o que por sua vez fará com que a economia  regrida drasticamente. Só para se ter uma idéia da velocidade da nossa recessão econômica, a indústria da construção civil em apenas 12 meses fechou mais de 467 mil vagas de emprego. É algo muito assustador!

temer

A saída de Dilma Roussef do poder é condição mais do que vital para salvar a economia do Brasil de um colapso. Se ela permanecer lá, teremos dias ainda mais sombrios do ponto de vista econômico e por extensão de miséria social. Vamos virar Cuba ou Venezuela.

Mas pensemos positivo, que com a saída de Dilma Roussef, a primeira coisa que vai acontecer é a queda do dólar, a valorização das ações da Petrobrás, os olhos dos investidores estrangeiros se voltarão para cá novamente, a volta da motivação da classe empresária Brasileira para continuar investindo no crescimento de suas empresas e acreditando no Brasil. Consequentemente isso fará com que o consumo volte a ser estimulado e na medida em que a demanda aumenta, surgi à necessidade de novas contratações de mão de obra, que por sua vez fará com que mais dinheiro circule no mercado de consumo e muito mais emprego nesse processo cíclico seja gerado.

c5453fbef8ffb2b84d1a9830150637be528ac2b7

É isso que temos que priorizar nesse momento, ou seja, a saída de Dilma Roussef do governo para que possamos sair desse atoleiro em que ela, Lula e seus aliados nos meteram.

E em 2018, claro que nem de longe iremos reeleger Michel Temer para Presidente da República. Muito pelo contrário, vamos buscar novas opções, não só para Presidente da Republica, mas para outros cargos eletivos, como deputados, governadores, prefeitos e vereadores. Vamos trazer gente nova para política, que tenha o firme compromisso de fazer com que o que já temos funcione bem, pois se assim fizerem já estarão cumprindo com o seu dever. Fiscalizemos sem cessar quem elegermos para nos representar, pois se não trabalhar direito que seja tirado nas próximas eleições. Que assim seja feito até que os políticos percebam que se não trabalharem a favor da população estarão fora da política!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *